sem comentários ainda

Oração do Pai-Nosso da Esperança

Oração ensinada por Jesus e Maria, em favor da Igreja, em defesa de seus sacramentos e preceitos.

“Desejo que rezem desta forma tanto quanto puderem, para que os sacramentos e preceitos sejam conservados, e a Eucaristia continue a ser o alimento que Eu lhes dei”. Jesus Cristo, 18 de setembro de 1993.

 

Elevemos nossas preces ao Pai Eterno

T– Pai nosso que estais nos céus…

Rezemos com Jesus e Maria

 

1) T – Senhor, tu nos permitiste invocar o teu nome e chamar-te de Pai; permite-nos agora, através da tua misericórdia, invocar o Santo Espírito em favor da tua Igreja.

 

1º D – Pela anunciação do Anjo à Virgem Maria 

Pai nosso que estais nos céus,

T – Santificado seja o vosso nome e venha a nós o vosso Reino.

2º D – Pela visita de Maria à sua prima Isabel

Pai nosso que estais nos céus,

T – Santificado seja o vosso nome e venha a nós o
vosso Reino.
3º D – Pelo nascimento de Jesus

Pai nosso que estais nos céus,

T – Santificado seja o vosso nome e venha a nós o vosso Reino.

4º D – Pela apresentação de Jesus no Templo

Pai nosso que estais nos céus,

T – Santificado seja o vosso nome e venha a nós o vosso Reino.

 

2) T – Senhor, tu nos permitiste invocar o teu nome e chamar-te de Pai; permite-nos agora, através da tua misericórdia, invocar o Santo Espírito em favor da tua Igreja. 

 

1º D – Por Jesus perdido e encontrado no Templo

Seja feita a vossa vontade, Pai.

T – Assim na terra como no céu.

2º D – Pelo Batismo de Jesus no Rio Jordão 

Seja feita a vossa vontade, Pai,

T – Assim na terra como no céu.

3º D – Pela transformação da água em vinho, nas Bodas de Caná

Seja feita a vossa vontade, Pai,

T – Assim na terra como no céu.

4º D – Pela proclamação do Reino de Deus

Seja feita a vossa vontade, Pai,

T – Assim na terra como no céu.

 

3) T – Senhor, tu nos permitiste invocar o teu nome e chamar-te de Pai; permite-nos agora, através da tua misericórdia, invocar o Santo Espírito em favor da tua Igreja.

 

1º D – Pela transfiguração de Jesus no Monte Tabor

O pão nosso de cada dia

T – Nos dai hoje;

2º D – Pela instituição da Eucaristia

O pão nosso de cada dia

T – Nos dai hoje;

3º D – Pela agonia e oração de Jesus no Horto das Oliveiras

O pão nosso de cada dia

T – Nos dai hoje;

4º D – Pela condenação e flagelação de Jesus

O pão nosso de cada dia

T – Nos dai hoje;

 

4) T – Senhor, tu nos permitiste invocar o teu nome e chamar-te de Pai; permite-nos agora, através da tua misericórdia, invocar o Santo Espírito em favor da tua Igreja.

 

1º D – Por Jesus coroado de espinhos

Pai, perdoai-nos as nossas ofensas,

T – Assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido;

2º D – Por Jesus carregando a cruz

Pai, perdoai-nos as nossas ofensas,

T – Assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido;

3º D – Pela crucificação e morte de Jesus

Pai, perdoai-nos as nossas ofensas,

T – Assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido;

4º D – Pela Ressurreição de Jesus

Pai, perdoai-nos as nossas ofensas,

T – Assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido;

 

5) T – Senhor, tu nos permitiste invocar o teu nome e chamar-te de Pai; permite-nos agora, através da tua misericórdia, invocar o Santo Espírito em favor da tua Igreja.  

 

1º D – Pela Ascensão de Jesus ao Céu

Não nos deixeis cair em tentação, ó Pai!

T – Mas livrai-nos do mal. Amém.

2º D – Pela vinda do Espírito Santo sobre os Apóstolos

Não nos deixeis cair em tentação, ó Pai!

T – Mas livrai-nos do mal. Amém.

3º D – Pela Assunção da Virgem Maria ao Céu

Não nos deixeis cair em tentação, ó Pai!

T – Mas livrai-nos do mal. Amém.

4º D – Pela coroação de Nossa Senhora

Não nos deixeis cair em tentação, ó Pai!

T – Mas livrai-nos do mal. Amém.

Elevemos nossas preces ao Pai Eterno

T– Pai nosso que estais nos céus…

 

 

Referência: LOPES, R. Entregue o terço de Pedro a Dom Schuch. O 2º Selo: Pai-Nosso da Esperança. In: LEMBI, Francisco (Org.). Diálogos com o infinito. Belo Horizonte: Magnificat, 2007. p. 114-117.

Os comentários estão fechados.

Copied!