Pai do Céu, escuta a voz que brota do meu coração!

Pai do Céu, escuta a voz que brota do meu coração, pedindo Tua atenção.

Senhor do Infinito, sei que nunca nos deixarás, mas sei também que nossa fraqueza em nos apegarmos às coisas da matéria nos afasta do Teu Espírito Criador. Criamos em volta de nós, cada vez mais, facilidades para nos comunicarmos e, por estranho que isto possa parecer, estamos cada vez mais nos afastando de Ti.

Pai do Céu, escuta a voz que brota do meu coração, pedindo que em nossa inteligência se faça a Tua vontade criadora, para que possamos crescer em espírito, sabendo que de Ti procede todo o nosso intelecto.

Amém.

 

Oração ensinada por Nossa Senhora ao sr. Raymundo Lopes, em 13 de maio de 1996 – Praça do Papa – BH.

Os comentários estão fechados.