O trabalho renderá melhor depois de uma conversa com Deus

Eu lhes afirmo que o ponto de fusão entre o homem e Deus, entre o finito e o infinito, é a oração. É através da oração que devemos oferecer ao Pai a nossa vontade, para que Ele nos apresente a dele.

29 de novembro de 1994

Versão áudio

Meus queridos filhos,

Nos tempos atuais, a pressa tem sido um estado de espírito permanente na vida de vocês. Quando os percebo agitados, poucos minutos em oração são suficientes para que a mente de vocês seja invadida por uma avalanche de pensamentos inúteis, levando-os à dispersão. Bastam cinco minutos de recolhimento para que a distração interrompa a conversa com Deus. Por causa disso, a resposta divina ao nosso apelo é também interrompida.

Filhos amados, quem reza bem não está perdendo tempo. O trabalho renderá melhor depois de uma conversa com Deus sem pressa e sem distração. O Senhor da vida e de nossos dias dará a sua resposta.

Eu lhes afirmo que o ponto de fusão entre o homem e Deus, entre o finito e o infinito, é a oração. É através da oração que devemos oferecer ao Pai a nossa vontade, para que Ele nos apresente a dele.

A vontade do Pai Celeste na maioria das vezes não é a nossa, porque ela é produto do amor, um amor impossível de ser compreendido pela razão. Jesus diz que não é o que clama “Senhor, Senhor!” que entra no Reino do Céu, mas quem faz a vontade do Pai. Então, Eu chamo a atenção de todos que desejarem ir atrás de Jesus: que tomem a sua cruz e sigam-no.

Obrigada por terem atendido ao meu chamado.

Referência: LOPES, Raymundo. O trabalho renderá melhor, depois de uma grande conversa com Deus. In: LEMBI, Francisco (Org.). Uma voz que fala aos meus ouvidos. 3 ed. Belo Horizonte: Magnificat, 2015. p. 139.

Os comentários estão fechados.

Copied!