Fiquem atentos a vozes estranhas às doutrinas da Igreja

Fiquem atentos a vozes estranhas às doutrinas da Igreja e percebam os meus sinais, para que não caiam na confusão que os poderá levar à perda da fé. Deus admite no homem desonesto o embuste e a mentira, mas não deixará, no tempo certo, de fazer florescer o valor e o esplendor da verdade.

30 de abril de 1996 – João Pessoa – PB

Versão áudio

Filhos queridos,

Jesus veio à Terra para que tenham paz, num profundo e seguro direcionamento a Deus. Ele é o pastor que as ovelhas reconhecem. Somente Jesus poderá conduzi-los às verdejantes pastagens da bem-aventurança, de encontro ao Pai que habita no infinito.

Eu os alerto em todas as minhas mensagens que Jesus é a porta do aprisco e, com elas, desejo conduzi-los a encontrar abrigo ao lado do bom Pastor. Meus amados, nada poderá afastá-los do som da voz do Pastor, tornando-os insensíveis a Deus, se derem ouvidos ao que recomendo.

Fiquem atentos a vozes estranhas às doutrinas da Igreja e percebam os meus sinais, para que não caiam na confusão que os poderá levar à perda da fé. Deus admite no homem desonesto o embuste e a mentira, mas não deixará, no tempo certo, de fazer florescer o valor e o esplendor da verdade. Eu lhes garanto: ouçam a voz do Céu na oração sincera, que a verdade florescerá.

Obrigada por terem atendido ao meu chamado.

Referência: LOPES, Raymundo. Fiquem atentos a vozes estranhas às doutrinas da Igreja. In: LEMBI, Francisco (Org.). Uma voz que fala aos meus ouvidos. 3. ed. Belo Horizonte: Magnificat, 2015. p. 221.

Os comentários estão fechados.