As dores de Nossa Senhora

Na Capela Magnificat, o arcanjo descreve para Raymundo algumas das dores que Nossa Senhora teve que enfrentar durante a sua vida terrena. Além disso, esclarece que Deus não nos nega a proteção dos anjos quando o pedimos com o coração contrito, e neste sentido lhe ensina uma bela oração.

continue lendo

Senhor Deus, soberania absoluta do universo

Raymundo pede que o Senhor lhe inspire uma oração em favor da Igreja e de João Paulo II. “Necessitamos que modifiques o curso da história da Igreja Católica, instituída por teu Filho Unigênito. Ventos contrários ameaçam a soberania do Evangelho, e Pedro, tão bem representado por Wojtyla, necessita do braço...

continue lendo

Eu sou o dono do tempo

Preocupado com o cumprimento de predições, Raymundo ouve Nosso Senhor. “Eu sou também o dono do tempo, e esse tempo se estende também ao livre-arbítrio de vocês. Wojtyla, por sua férrea vontade em deixar para a Igreja documentos importantes, fez com que minha vontade também se estendesse a ele. Mas...

continue lendo

Um sonho enigmático

Raymundo tem um sonho sobre o futuro da Igreja. “O edifício escuro recebendo luz externa é a Igreja. O corpo do homem se contorcendo de dor é o Corpo Místico de Cristo dentro da sua Igreja. E a cabeça de madeira é o futuro comando da Igreja, insensível e sem...

continue lendo

Os olhos de Maria

Nossa Senhora manifesta o desejo de que a imagem que Raymundo segurou nos braços em Fátima seja restaurada e visite residências e hospitais. “As coisas do Senhor bom Deus não são imutáveis, e para que a Obra Missionária caminhe para o reconhecimento, necessitamos fazer agora o que deseja a Divina...

continue lendo

Sejam catequistas

Raymundo ouve Nossa Senhora na Capela Magnificat. “Desejo então que a minha Obra seja composta de catequistas formados sob o meu comando. Inicie esta tarefa com urgência. Esta será a meta de vocês e o carisma que fará brotar na Igreja vocações sacerdotais e consagradas. Sejam catequistas”.

continue lendo