A Estola do padre Narciso

Raymundo sonha com o padre Narciso, antigo pároco da Basílica de Lourdes, que o exorta a usar a estola dada de presente. “Já lhe mostrado em outras ocasiões o poder desta estola, que é para você usar, e você não está obedecendo. Esse pessoal precisa de ajuda e não sabem com quem estão lidando”.

25 de março de 2005 

Nesta madrugada tive um sonho estranho. Estava diante de uma igreja desconhecida, cheia de gente. Eu procurava o padre Narciso1. Alguém ali me disse então que ele estava em outra igreja. Fiquei muito triste. Depois me sentei numa pedra e, cabisbaixo, comecei a chorar.

De repente, vi perto de mim dois pés calçando sapatos pretos brilhantes. Não quis levantar a cabeça para ver quem era, mas quis levantar a pedra onde me assentava. Ao levantá-la, vi debaixo a estola que o padre Narciso havia me dado anos atrás. Ela estava dobrada em forma de cruz. Apanhei-a e em seguida me afastei. Parei em frente a outra igreja, na qual muita gente tentava entrar, e perguntei:

– O que está acontecendo aí?

– Nossa Senhora de Fátima está aparecendo lá dentro – me disseram.

Vi que era a Igreja de Nossa Senhora de Fátima, a da praça da Assembleia Legislativa, em Belo Horizonte. Tentei entrar, quando vi diante de mim o padre Narciso.

– Padre, eu disse, Nossa Senhora está aparecendo lá dentro… Vamos entrar para ver?

Entramos, e vi no altar uma linda senhora toda de branco, sorrindo para as pessoas, mas reparei que ela calçava sapatos pretos. Disse então ao padre:

– Olhe que coisa estranha, Nossa Senhora de Fátima calçando sapatos pretos!…

O padre Narciso, num gesto rápido, me tomou a estola das mãos, dirigiu-se ao altar e num movimento também rápido passou a estola em volta do pescoço da linda senhora, apertando-a com força. Vi então a cabeça da linda senhora cair e no lugar aparecer a cabeça de um homem feio, com feições duras e olhar raivoso. O padre Narciso voltou-se para mim, devolveu-me a estola e falou muito nervoso:

– Já lhe foi dito e mostrado em outras ocasiões o poder desta estola, que é para você usar, e você não está obedecendo. Faça isto. Não deixe que isso aconteça de novo. Esse pessoal precisa de ajuda e não sabem com quem estão lidando. Use a estola, não tenha medo. Foi para isto que lhe dei ela de presente.

– Mas o senhor me disse na ocasião que estava me dando de presente, porque não necessitava mais dela.

Ele passou a mão na minha cabeça e disse:

– Ela agora é sua e você vai precisar muito dela. Use-a. Vou embora, já lhe disse o que devia. O resto é com você.

 

1 Antigo pároco da Basílica de Lourdes, já falecido.

 

Referência: LOPES, Raymundo. A Estola do padre Narciso. In: LEMBI, Francisco (Org.). Diálogos com o Infinito. Belo Horizonte: Magnificat, 2007. p. 106.

Os comentários estão fechados.