Cardeal Burke falará em conferência de leigos

A Conferência de Famílias Católicas, conduzida por leigos,  contará com a presença de alguns prelados destacados no ensinamento perene da Igreja sobre o matrimônio e a família.

Doug Mainwaring.

LifeSiteNews, 22 de junho de 2018.

[https://www.lifesitenews.com/news/card.-burke-to-address-conference-running-parallel-to-controversial-world-m].

Tradução. Bruno Braga.

 

Uma “Conferência de Famílias Católicas” conduzida por leigos será realizada ao mesmo tempo que o “Encontro Mundial de Famílias”, organizado pelo Vaticano, e apresentará alguns dos prelados mais defensores do ensinamento perene da Igreja sobre o matrimônio e a família.

A lista dos oradores da conferência dos dias 22 e 23 de agosto, organizada pelo Instituto Lumen Fidei, inclui o Cardeal Raymond Burke (por meio de vídeo ao vivo), o Bispo Athanasius Schneider, o padre Thomas Weinandy, Dr. Robert Royal, Edward Pentin, apenas para nomear alguns. As duas conferências serão realizadas em Dublin, Irlanda.

A Conferência de Famílias Católicas foi organizada em resposta a uma promoção não muito sutil das questões LGBT no Encontro Mundial de Famílias (EMF).

“Nunca antes na história da humanidade, governos e Estados tentaram fingir que homens podem se casar com homens e que mulheres podem se casar com mulheres. Nunca antes na história da humanidade governos aprovaram leis destinadas à promoção e à defesa desse fingimento. Mesmo dentro da Igreja Católica existem Cardeais, Bispos e padres que estão colocando em questão matérias da doutrina católica em nome de um falso cuidado pastoral”, apresenta um informativo de imprensa sobre o evento.

No início deste ano, organizadores do encontro foram pressionados a remover imagens de casais do mesmo sexo e de textos pro-homossexualismo de um livreto destinado a preparar as famílias católicas para o EMF [2].

No mês passado, no que foi visto como um gesto em direção ao movimento LGBT, organizadores do EMF começaram a solicitar voluntários de “comunidades e origens” variadas para participarem do encontro [3]. Críticos dizem que a ação sinaliza uma defesa LGBT.

Recentemente, foi anunciado que o padre James Martin, o padre jesuíta que utiliza a sua influente mídia social para advogar que a Igreja Católica abrace a homossexualidade, aceitou o convite do Vaticano para falar no EMF [4].

A apresentação do padre James Martin, intitulada “Analisando como as paróquias podem apoiar famílias com membros que se identificam como LGBT”, é talvez o primeiro caso em que o Vaticano aparentemente nega a realidade de que existem apenas dois sexos. Espera-se que o Papa Francisco compareça a essa conferência.

Anthony Murphy, diretor do Instituto Lumen Fidei e organizador da conferência paralela, disse que a conferência conduzida pelos leigos é a “nossa contribuição em apoio ao Encontro Mundial de Famílias”, em um tempo de “muita confusão na Igreja” sobre os ensinamentos a respeito do matrimônio e da família, informou o britânico The Tablet [5].

“Pensamos que o melhor serviço que podemos oferecer é tentar explicar a beleza dos ensinamentos da Igreja de uma forma clara, aberta e direta”, acrescentou Murphy.

Murphy comentou sobre ter o padre James Martin proferindo uma palestra pró-LGBT no EMF.

“Eu acho que qualquer católico fiel ficaria profundamente desapontado por ter alguém que causou tanta confusão com suas intervenções e tantos ferimentos no corpo da Igreja por causa dessa confusão”, acrescentou de acordo com o The Tablet [6].

“Conversei com muitos clérigos na Irlanda, nos Estados Unidos e na Inglaterra que não acreditam que tal pessoa tenha sido convidada com a aprovação do Vaticano”, continuou Murphy. “Tudo o que podemos dizer é que esse homem não representa o ensinamento da Igreja e que ele é fortemente influenciado pelo lobby homossexualista anticatólico”.

Enquanto o tema do EMF é baseado na Exortação Apostólica do Papa Francisco, Amoris Laetitia [7], as apresentações da alternativa Conferência das Famílias Católicas estarão fundadas na grande Encíclica do Papa Pio XI, Casti Connubii [8], publicada após o ataque da Conferência Lambeth contra o matrimônio, em 1930. A Conferência Lambeth permitiu a utilização de contraceptivos, contrários aos ensinamentos perenes e tradicionais de toda a Cristandade. Em resposta, o Papa Pio XI se levantou na defesa do matrimônio católico e da vida familiar.

“O matrimônio católico e a vida familiar estão sob ataque como nunca antes na história da humanidade”, lê-se em uma declaração no site da organização patrocinadora [9]. “O Instituto Lumen Fidei, como os antigos Macabeus, convoca os católicos a se levantarem e defenderem o matrimônio católico e a vida familiar”.

A Conferência das Famílias Católicas irá apresentar católicos ortodoxos notáveis, incluindo:

. Athanasius Schneider, Bispo do Cazaquistão, que disse que os católicos devem combater os males de hoje, incluindo o mal da heresia dentro da Igreja.

. Cardeal Raymond Burke, Arcebispo Emérito de St. Louis e membro da Assinatura Apostólica. É um dos quatro signatários dos dubia, e observou que o Papa Francisco está “aumentando a confusão” na Igreja (por meio de vídeo ao vivo).

. Padre Thomas Weinandy, membro da Comissão Teológica Internacional do Vaticano que escreveu para o Papa Francisco, dizendo que o seu pontificado está marcado pela “confusão crônica”, e que ele ensina com “uma falta de clareza aparentemente intencional”.

. Dr. Gerard van den Aardweg, psicólogo e psicanalista holandês, que é um dos maiores especialistas mundiais sobre homossexualidade, pedofilia e gays dentro do sacerdócio católico.

. Professor Stéphane Mercier, demitido da Universidade Católica de Louvain, Bélgica, por sua postura contra o aborto e a ideologia de gênero.

. John Smeaton, diretor da britânica Society for the Protection of Unborn Children (SPUC), com mais de 40 anos de história no trabalho provida.

. Dr. Robert Royal, fundador e presidente do Faith & Reason [Fé & Razão] Institute, em Washington, editor do The Catholic Thing.

. John-Henry Westen, cofundador e editor-chefe do LifeSiteNews e cofundador do Voice of the Family.

. Edward Pentin, correspondente em Roma do National Catholic Register.

A Conferência das Famílias Católicas será realizada no Hotel Ballsbridge, em Dublin Irlanda, nos dias 22 e 23 de agosto de 2018. A inscrição antecipada pode ser feita online [10].

NOTAS.

[1] Cf. [ https://www.lumenfidei.ie/ ].

[2] Cf. [ https://www.lifesitenews.com/news/pro-lgbt-material-deleted-from-world-meeting-of-families-booklet-after-life ].

[3] Cf. [ https://www.lifesitenews.com/news/world-meeting-of-families-calls-for-volunteers-with-pro-lgbt-brochure ].

[4] Cf. [ https://www.lifesitenews.com/news/lgbt-pushing-fr.-james-martin-to-speak-at-2018-world-meeting-of-families ].

[5] Cf. [ http://www.thetablet.co.uk/news/9255/irish-conservative-catholics-to-hold-alternative-conference-on-marriage-and-family-in-august ].

[6] Cf. [ http://www.thetablet.co.uk/news/9255/irish-conservative-catholics-to-hold-alternative-conference-on-marriage-and-family-in-august ].

[7] Cf. [ https://w2.vatican.va/content/francesco/pt/apost_exhortations/documents/papa-francesco_esortazione-ap_20160319_amoris-laetitia.html ].

[8] Cf. [ https://w2.vatican.va/content/pius-xi/es/encyclicals/documents/hf_p-xi_enc_19301231_casti-connubii.html ].

[9] Cf. [ https://www.lumenfidei.ie/ ].

[10] Cf. [ https://www.lumenfidei.ie/product/a-conference-of-catholic-families-tickets/ ].