Capela Theotókos

 

Às terças-feiras, a agenda da Obra Missionária se inicia na Basílica de Lourdes, onde se reza o Terço às 17 horas. Em seguida, os Missionários do Coração Imaculado participam da Santa Missa, às 18 horas, e seguem para a Capela Theotókos. Extensão da residência de Antônio e Maria do Carmo Ageu, a Capela Theotókos está localizada na Rua Ribeiro Junqueira, 160, bairro Mangabeiras, em Belo Horizonte.

A Capela Theotókos desempenha um papel essencial por abrigar o Momento Missionário, realizado das 19:30 às 21 horas. Trata-se de um momento de adoração eucarística que se enriquece com espiritualidade formada a partir das aparições de Nossa Senhora em Belo Horizonte. O rito acontece na presença dos Arcanjos Gabriel, Rafael e Uriel, que são invocados no início da cerimônia com uma fórmula angélica ensinada a Raymundo Lopes no dia 29 de agosto de 2010. Atualmente, essa fórmula é cantada em gregoriano, por sugestão de um coro de Anjos que Raymundo ouviu na Capela Magnificat. Maria Santíssima, naturalmente, tem papel de destaque na cerimônia, entrando ao canto de Ó Santíssima e se sentando em uma poltrona que lhe é dedicada no canto esquerdo da capela. Entronizado Jesus Sacramentado em uma bela custódia de estilo barroco, os missionários lhe oferecem em adoração o Pai-Nosso da Esperança, o Terço da Divina Chama e outras orações.

Outro ponto alto do rito é a Cerimônia da Bênção de São Bento, que reflete uma instrução que Nossa Senhora deu a Raymundo no dia 31 de março de 1992: “O Diabo irá rondá-lo sem trégua. Procure na espiritualidade beneditina forças para lutar contra essa investida”. No centro da capela e diante do Santíssimo Sacramento, há sempre um altar sobre o qual estão dispostas pias de água benta e a cruz de São Bento. Um a um, os missionários se persignam com a água, seguram a cruz de São Bento e recebem a imposição das mãos, enquanto todos rezam a tradicional oração exorcista: “Cruz de São Bento, cruz sagrada seja a minha luz. Não seja o dragão o meu guia. Afasta-te de mim, Satanás. Nunca me aconselhes coisas vãs. É mal o que me ofereces. Bebe tu mesmo os teus venenos. Amém”. A Benção de São Bento ecoa os inúmeros alertas que Nossa Senhora deixou para os cristãos, hoje tão materialistas e esquecidos de que Satanás existe e trava contra todos nós uma batalha de vida ou de morte.